segunda-feira, 15 de março de 2010

un an à paris :)

Outro dia me pegaram de supetão: Fabi, tem valido a pena estar aí?
Não tinha uma resposta pronta. Tinha vivido tantas situações diferentes por aqui - boas ou ruins, mas sempre novas - que ainda nem tinha tido meu momento para refletir.
Diante da pergunta, me pus a pensar.
...
Ora, se valer a pena significa cair de pára-quedas numa cultura totalmente outra e ter que apreendê-la com dignidade, mesmo diante das barreiras impostas pelo outro;
Se valer a pena significa não perder suas raízes e manter-se absolutamente certo de sua boa educação recebida em casa, mesmo diante dos mal-entendidos e do estranhamento causado pelo contato com o outro;
Se valer a pena significa estudar com os professores mais qualificados do mundo para transmitir a difícil teoria psicanalítica;
Se valer a pena significa poder estar diante de obras de arte que eu acreditava que só veria em livros;
Se valer a pena significa conhecer pessoas do mundo todo e que às vezes só tem em comum com você o sonho de morar longe da sua casa - da sua cultura, da sua terra;
Se valer a pena significa simplesmente viver uma nova vida, "abrir a cabeça", trabalhar de qualquer coisa pra sustentar um sonho, resolver TODOS os seus problemas sozinho e crescer sem perceber, experimentar mil coisas diferentes todo dia, morrer de saudades da família e dos amigos e mesmo assim sobreviver;
...
A resposta é sim, tem valido a pena, mesmo com o frio louco que às vezes gela meu coração, vale a pena tentar, arriscar, nem que seja só pra ver o que acontece.
E que venham os próximos 2 anos!

2 comentários:

nuestras estorias disse...

só, só, somente só o frio não vale a pena. adorei o texto!!
e nossa, mais 2 anos??? ah passa rapidinho. que nem o inverno. qdo vc voltar la vie a bh será melhor ainda.

Anônimo disse...

(quase) tudo vale a pena.
bisous no coração.

Re